Veneno Santo

É lamentável como no meio denominado “gospel” a linha entre a brincadeira ingênua e as palavras venenosas é tênue, quando não, se misturam e não sabemos distinguir o quê é o quê, ou simplesmente preferimos não saber.

Alfinetadas disfarçadas, por detrás de brincadeiras acompanhadas de risos e faces que escondem a real intenção das palavras mencionadas. É difícil perceber que as bocas que deveriam estar pronunciando palavras de bênçãos, só pronunciam palavras que destroem sonhos, que causam constrangimentos. Na verdade, o problema não está no que sai da boca, a boca apenas reflete o problema maior. A Palavra de Deus nos diz que a boca fala do que o coração está cheio. Se o coração está cheio de amarguras, invejas e rancores a boca produzirá os frutos desses sentimentos.

Embora sabendo que essas coisas existem, sempre existiram e irão continuar a existir até que Jesus volte e sejamos purificados por completo, me entristece ouvir certos comentários e brincadeiras.

Será que você não percebe que os erros apontados por você de outrem também podem lhe pertencer? Ou que o cisco que você aponta no olho do irmão é incrivelmente menor do que a trave que existe no seu olho?

Devemos amar, devemos exortar, devemos corrigir, devemos repreender, sim! sim! sim ! e sim! Mas de nada adianta exortar, corrigir, repreender se nenhuma dessas ações não for motivada primeiramente pelo amor. Praticar algumas delas sem o amor é uma atitude vil.

Quando se tratar de erros e mazelas vamos olhar para dentro de nós, percebendo que precisamos tanto da graça e misericórdia de Deus, quanto o outro que julgamos necessitar mais de misericórdia. Não sejamos tolos a ponto de presumir que somos tão melhores, ou tão isentos de erros que os demais.

Portanto, vamos pensar bem antes de permitir que saia de nós um “veneno santo” que ironicamente de santo não possui nada. Procuremos ser mais sensíveis aos pensamentos e julgamentos que fazemos, pedindo orientação do Espírito Santo, para que nos convença dos nossos erros e nos tornemos pessoas melhores e mais sábias.

“O homem que não tem juízo ridiculariza o seu próximo, mas o que tem entendimento refreia sua língua” Provérbios 11:12

Wanessa Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s