Atletas de Cristo

É visível como o esporte de luta ganhou notoriedade considerável nesses últimos anos. Percebemos todos comentando, as emissoras de televisão se adequando à demanda e transmitindo lutas, e eventos por cima de eventos voltados para este tema. O UFC (Ultimate Fighting Championship) é, hoje, a organização responsável por produzir o maior evento de luta do mundo, que leva o mesmo nome. E este sucesso se dá pelo fato dela colocar em combate os melhores lutadores, proporcionando assim, lutas desafiadores entre os mais preparados.

E atentando para tudo isso e como tem acontecido, podemos fazer perfeitamente um comparativo com a vida cristã. A Palavra de Deus nos trata como atletas de Cristo, em 1 Coríntios 9:24-25: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.”. E, de fato, o somos.

Como atletas devemos ter a disciplina necessária no treinamento, sermos constantes e dedicados (Romanos 15:58) . Estar preparado é fundamental para que um lutador vença suas batalhas. E como é nossa preparação? Assim como as dos atletas lutadores, nossa preparação também requer que nos abstenhamos de algumas coisas. Para os lutadores é necessária uma boa alimentação para desenvolver um bom condicionamento físico. E no nosso caso, esta boa alimentação também é necessária, precisamos estar atentos ao que ingerimos, de que nossos olhos tem se alimentado, de que nosso coração e mente tem se alimentado, pois, “se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz” Mateus 6:22.

Em qualquer academia que você vá podemos observar que os atletas lutadores seguem a orientação de seu mestre. E conosco não é diferente. Devemos seguir a orientação do nosso Mestre, Jesus Cristo, porque ele sabe a melhor estratégia para vencer a luta, Ele conhece nossos pontos fortes, Ele sabe como podemos obter o melhor desempenho.

Há vários pontos incomum que podem ser abordados. No entanto, é importante frisar a principal diferença. Nossa luta, diferente das lutas que ocorrem no UFC, não é contra outro homem “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.”. Nossa luta é espiritual e assim nossa preparação deve ser espiritual e direcionada por quem conhece, o nosso Mestre Jesus.

Devemos procurar sermos os melhores lutadores que pudermos, nos empenhando com afinco, para estarmos sempre aptos à luta.

Wanessa Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s