Ah! No colégio…

Eu nunca fui daquelas que vivia na diretoria, apesar de ter ido umas poucas vezes (pouquíssimas mesmo). Em contrapartida, nunca repeti um ano, nem matéria na faculdade. Não era aluna das mais exemplares, mas me virava bem e corria atrás quando precisava. Me lembro de no 3º ano ter dois professores ótimos. Foram o Nagai e Lourdália, de física e de português, respectivamente.

Eu devia ter uns 12 ou 13 anos na época, tinha amigos desde a 5ª série, estava na 8ª série do ensino fundamental. Naquele tempo não existia 9º ano, era da 8ª para o 1º ano do colegial. A turma era bastante unida e bastante bagunceira também, tempos felizes.

Uma vez com uma amiga, da época, chamada Thalyna… uma bênção! (se você ler isso amiga, amo você Rs)… precisamos varrer as escadas do colégio inteiro, só porque subimos nas cadeiras da sala pra olhar alguma coisa pela janela, e o inspetor pegou a gente (injustiça! Já tínhamos feito coisas bem piores Rs), detalhe: A escola tem o térreo e mais três andares com escadas duplas. Uma beleza!

320077_271818346196457_1440001728_n

Aí você já sabe como é ambiente escolar né?! Todos se amam e respeitam (#sqn), outros alunos passavam e tiravam sarro da nossa cara e gente retrucava e virava aquela baixaria e todo mundo gritando (aeww), sabe como é né?! Rrsrs Mas, não fiquei traumatizada e em sofri bullying, acho que a Thalyna também não.

Sabe, a disciplina e a chatice da época dos diretores, supervisores, inspetores e professores contribuíram de alguma forma para o que sou hoje. E por que compartilhar isso? Bem, primeiro porque é um momento nostálgico, segundo Vasco, brincadeira! Rs. Segundo, porque gostaria de enfatizar que a disciplina contribuiu para o meu bem e, lamentavelmente, a disciplina (Leia-se: rigidez das autoridades) nas escolas hoje é mais escassa, escondidas por medo de processos de alunos e pais de alunos.

Vamos acordar! Nós precisamos de disciplina quando erramos. Eu aprendi as matérias de português e física no terceiro ano, porque caso contrário, eu reprovaria. Tinha conseqüência e eu fiz uma escolha: Estudar.

É preciso deixar as crianças e jovens colherem as conseqüências de seus atos, para que se tornem adultos conscientes. E a disciplina de uma autoridade, no caso, professor, diretor, supervisor ou inspetor é bem-vinda, quando não abusiva.

Beijos,

Wanessa Galdino

Anúncios

Uma resposta para “Ah! No colégio…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s