Diário de maternidade: Recém-nascido primeiros dias

A gravidez acabou e, particularmente, gostei muito da experiência de compartilhar sobre os acontecimentos no meu blog, por isso, resolvi criar um diário de maternidade e compartilhar algumas coisas aqui..pra um dia lá na frente, reler tudo com a Lia e se alegrar com as lembranças lindas desse tempo.

Quando Lia nasceu, tive muita perca de sangue (já estava com anemia durante a gravidez) e precisei ficar no hospital uns dias a mais. Fiquei uns quatro dias no hospital, recebendo sangue e tomando remédio pra anemia e pós cirúrgicos.

A Lia nasceu bem, sem nenhum problema de saúde e dou Graças a Deus. Mas nem por isso os primeiros dias foram fáceis. Meu leite demorou um pouco a descer e a Lia chorava muito. Nos primeiros dias ela ficou rouca de tanto que gritava com fome. Ela precisou tomar uns copinhos de complemento no hospital pra se acalmar..umas duas ou três vezes. Foram dias difíceis, chorava algumas vezes porque sentia uma responsabilidade tão grande, como nunca sentia antes, porém, eu estava muito feliz.

Recebemos alta e eu confesso que estava com um pouco de medo de voltar pra casa, porque – querendo ou não – eu estava no hospital e qualquer coisa que a Lia precisasse ela teria, cercada de médicos e enfermeiros..
No hospital, a glicose dela era medida todos os dias e quando eu via que tava baixando me preocupava muito e esforçava bastante pra ela mamar nem que fosse um pouco. Mas em casa, a história seria outra.. seríamos apenas nós três. (hummm ela acordou.. já volto rsrs)

Voltando. Pois é…

A primeira noite em casa não foi fácil. Meus seios já estavam feridos e doloridos e ela estava com fome.. porque nem colostro direito eu tinha ainda.. ela chorou a noite inteira e eu estava morta de cansada.. Lá pelas 4h da manhã o pai dela saiu atrás de uma farmácia aberta pra comprar o leite específico pra ela. Quando ele voltou, ela tomou um pouco no copinho e dormiu.. Foi quando eu consegui dormir um pouco também.

Outra dificuldade dos primeiros dias, foi que eu tinha medo de deixá-la dormindo e não ter ninguém pra reparar. Isso ocorreu porque na primeira noite de vida ela se engasgou com resto de parto. Graças a Deus tinha uma enfermeira na sala e socorreu a Lia. Então, eu fiquei um pouco traumatizada, com medo que ela se afogasse …Deus me livre.. Então eu e o Shailon revesávamos o sono, para poder ter sempre um a vigiando.

Outra providência que tomei foi colocar o berço dela no meu quarto. Li que isso reduz pela metade a morte súbita entre bebês. Então, durante à noite, qualquer barulhinho eu já dava um pulo pra ver como ela estava. Me sinto mais segura assim. Mais lá pra frente, coloco ela no quarto dela. Tudo tem seu tempo rs.

Agora algumas fotinhas da minha princesinha recém-nascida.

20160913_135501

20160914_105824 20160918_131203 20160918_131442 20160919_152405

 

Fiquem na paz!

Abraço

Wanessa Castro Galdino

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s